Segunda-feira, 02 de Agosto de 2021

Variedades
Quinta-feira, 15 de Julho de 2021, 10h:44

O tratamento hormonal começou em 2019

Mulher de Nanda Costa exigiu que doador de esperma 'não fosse bolsominion'

O tratamento hormonal começou em 2019, quando as duas se casaram. De acordo com elas, foram três tentativas de inseminação artificial até o resultado positivo

Fonte: brasil247

Divulgação

Mulher de Nanda Costa, Lan Lanh revelou que as duas tinham três exigências para escolher o doador de esperma certo para a fertilização in vitro da atriz. "Que fosse saudável, brasileiro para ter suingue e não fosse bolsominion", brincou a percussionista. A intérprete de Tuane em Império está grávida de gêmeas. A informação é do portal Notícias na TV. 

Em entrevista ao jornal O Globo, o casal contou como foi o processo de busca no banco de esperma nacional após a descoberta de que serviços internacionais estavam com estoque escasso, o que geraria uma espera de três meses para qualquer coisa.

Além disso, as duas queriam um doador com traços brasileiros e anônimo. "Eu já estava doida com tanta informação. Percebemos que era melhor não ter tanta. Porque não vai mudar nada, são nossas filhas", explicou Nanda, que deve dar à luz em outubro.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.