Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021

Turismo
Domingo, 29 de Agosto de 2021, 10h:40

CARTÃO POSTAL DE CHAPADA

Cachoeira Véu de Noiva seca por causa de estiagem severa em MT

Vídeo compartilhado nas redes sociais mostra a queda d"água de 86 metros completamente seca

Fonte: Folha Max

Divulgação

Um vídeo compartilhado nas redes sociais e aplicativos de celulares neste sábado (28), mostra a Cachoeira Véu de Noiva, principal cartão postal da pacata e turística Chapada dos Guimarães (67 km de Cuiabá), completamente seca.

Na imagem não é possível visualizar qualquer vestígio de água saindo da queda d’água de 86 metros de altura, localizada no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.

A gravação não traz qualquer áudio da pessoa que fez a filmagem, mas mostra a gravidade da seca que assola Mato Grosso nesse ano e tem modificado cenários e pontos turísticos mato-grossenses conhecidos no Brasil e no mundo.

A Cachoeira Véu de Noiva sempre foi conhecida por sua imponência e beleza exuberante, resultado da longa queda d’água rodeada por paredões e muito verde no seu entorno. Um destino obrigatório para quem visita Chapada dos Guimarães.Por ora, fica a dúvida se o curso d’água que dava vazão à cachoeira no meio dos paredões voltará a ser como antes, após o término do período de estiagem e retomada das chuvas.  

Outro exemplo da estiagem severa em Mato Grosso é o Rio Paraguai, em Cáceres (225 km de Cuiabá) que também enfrenta uma situação atípica, chegando a registrar apenas 35 centímetros no nível de água.

Inclusive, as cidades de Chapada dos Guimarães e Cáceres já decretaram situação de emergência por causa da seca, oriunda do longo período de estiagem.Além disso, queimadas continuam sendo registradas com frequência nessas localidades, principalmente nas imediações da rodovia Estadual MT-251, conhecida como Estrada de Chapada e também no pantanal mato-grossense, atingindo cidades que são cortadas pela Rodovia Transpantaneira. 

Confira na galeria em anexo fotos da chachoeira cheia e agora totalmente seca:

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.