Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021

Política
Quinta-feira, 07 de Outubro de 2021, 12h:19

UNIÃO BRASIL

Dilmar cita traição e critica DEM por discutir terceira via fazendo parte do Governo Bolsonaro

Dilmar cita a presença do ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni e da ministra da Agricultura, Tereza Cristina no Governo Bolsonaro

Fonte: VG Noticias

VGN

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) em entrevista à imprensa nesta quinta-feira (07.10), criticou a postura da Executiva Nacional do DEM, agora União Brasil, em discutir a terceira via enquanto estiver na base do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

 
 

Segundo Dilmar, a discussão sobre nomes para disputar as eleições presidenciais para eleição de 2022, deve acontecer somente no período das convenções e durante a abertura da janela partidária, prazo para que os parlamentares, que desejam disputar as eleições do corrente ano, possam mudar de partido sem perder o mandato vigente.

“Eu visto a mesma camisa sempre e hoje o Democrata está dentro do Governo Bolsonaro, temos a ministra da Agricultura, Tereza Cristina - deputada do DEM e temos o ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni. Fazemos parte do Governo e discutir a terceira via é muito ruim, o DEM dentro do Governo já pensando em uma traição, não digo nem traição, mas já pensando numa terceira via”, declarou Dilmar.

Para o deputado é natural um partido novo se fortalecer politicamente aumentando o número de lideranças e o número de sua bancada na Câmara Municipal, Federal, no Senado e até mesmo na Presidência. 

Temos que ter um partido forte para concorrer a presidente e vice, e em todas disputas, Governos e Legsislativos do Brasil

“Tem que ter liderança para galgar alguma coisa. Eu acho que ninguém quer jogar de reserva, todo mundo quer ser titular. Então o partido tem que fomentar tem que procurar crescer, com toda certeza a União Brasil tem a vontade de fazer o presidente da República, agora, se você ficar sempre na mesmice, muitas vezes você não é escolhido. Então, o que nós queremos é um partido de viabilidade. Primeiro tem que pensar no partido, eu acho que essa é a grande sacada da fusão, antes de estar cogitando oposição a isso ou aquilo”, declarou o deputado.

Com a viabilização da terceira, o ministro Onyx Lorenzoni em declaração à imprensa nacional afirmou que não enxerga como positiva a fusão do Democratas (DEM), legenda em que é filiado, com o Partido Social-Liberal (PSL), confirmada como resultado "União Brasil".

A deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) participou da reunião nessa terça-feira (6) que confirmou a fusão, inclusive, o nome da ministra do Governo Jair Bolsonaro foi cotado pela União Brasil como forte pré-candidata à Presidência, em 2022.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.