Quinta-feira, 13 de Maio de 2021

Polícia
Sábado, 01 de Maio de 2021, 13h:31

Campo Grande

Pai de 84 anos atirou em bandidos para salvar a filha de assalto em Campo Grande

Bandidos agrediram mulher e idoso com coronhadas

Fonte: Midia Max

Henrique Arakaki, Midiamax

O idoso de 84 anos que teve a casa invadida em Campo Grande durante a madrugada desta sexta-feira (30), no bairro Buriti em Campo Grande atirou contra um dos bandidos que invadiu a sua residência durante a tentativa de assalto. O outro ladrão acabou fugindo pulando os muros e não foi encontrado.

A vítima contou que estava dormindo em casa junto da filha, quando por volta das 4 horas da madrugada os bandidos pularam os muros e arrombaram a porta da casa, sendo que ele se levantou para ver o que estava acontecendo e se deparou com o ladrão que o agarrou pela camisa.

O idoso ainda foi jogado contra o chão e agredido com um soco no peito. Um dos bandidos, que estava armado, passou a gritar e xingar o idoso pedindo as chaves do carro e do portão para que pudessem levar o veículo que estava na garagem.

A filha do idoso foi procurar as chaves enquanto os bandidos separavam vários objetos para serem colocados dentro do carro da vítima para serem roubados. A mulher foi levada para a frente da casa para abrir o portão e o pai ficou sentado na sala sendo cuidado por um dos ladrões, que desferiu coronhadas na cabeça dele quando tentou ajudar a filha que estava sendo agredida pelo outro autor.

No meio da confusão, o idoso se aproveitou de uma distração de um dos bandidos indo até o seu quarto onde pegou um revólver e ao voltar para a sala se deparou com o bandido, que teria dito “agora você vai morrer”. Neste momento, temendo por sua vida o idoso acabou atirando contra o bandido não sabendo onde acertou o autor, que ficou caído e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros levado para a Santa Casa. O outro ladrão não foi encontrado.  

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.