Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021

Polícia
Segunda-feira, 11 de Outubro de 2021, 09h:14

Suspeita de Suicídio

Médico é encontrado morto no HMC neste domingo (10)

O médico foi encontrado morto por colegas, na sala de descanso no HMC

Fonte: VG Noticias

Reprodução Rede Social

O médico anestesista Thiago Pinheiro Vieira, 32 anos, foi encontrado morto, por colegas, no setor de descanso, na madrugada deste domingo (10.11), dentro do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

Uma fonte do , confidenciou que foi encontrada uma seringa de 20 ml ao lado do corpo do médico. E que o médico teria misturado morfina que é para aliviar a dor, midazolam calmante, fentanil para dor intensa. “Ele aspirou tudo junto, misturado e botou na veia. Os três juntos é morte. Eles fazem você ter um sono profundo. Fica sem ar e morre. Ele sabia, pois manuseia isso todo dia. Então tudo indica que foi suicídio mesmo”, disse a fonte.

A Polícia Civil atendeu a ocorrência por volta da 1 hora da madrugada, deste domingo - e solicitou exame de necropsia. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

A Empresa Cuiabana de Saúde Pública confirmou e lamentou a morte do anestesiologista Thiago Pinheiro Vieira, que prestava serviços no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

O prefeito Emanuel Pinheiro prestou condolências à família e disse que recebeu com tristeza a notícia do falecimento do jovem médico. “Quero prestar minha solidariedade aos pais, demais familiares e amigos. Que Deus conforte os corações neste momento de tanta dor”, disse.

No Instagram, a Soma Sociedade Medica de Anestesia emitiu nota de falecimento e lamentou a morte do médico. "Com profundo pesar a Soma informa o falecimento do anestesiologista Thiago Pinheiro Vieira, ocorrido na madrugada deste domingo. Nossas sinceras condolências e preces à família neste momento de perda tão grande".

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.