Varejo paulista cria 1,57 mil postos de trabalho em abril

Depois de quatro meses no negativo, o comércio varejista de São Paulo voltou a gerar emprego. Em maio, foram criados 1,57 mil postos – o melhor resultado para o mês desde 2012. O dado é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e foi divulgado nesta terça-feira (20).

Para a entidade, o comércio varejista no estado dá novas provas de que o cenário econômico atual segue se recuperando e dando ânimo ao setor para contratar mais funcionários. A expectativa dos empresários do ramo, segundo a FecomercioSP, é de aumento de vendas.

Entre os ramos de atividade pesquisados, farmácias e perfumarias (+2,3%) e supermercados (+1,6%) apresentaram crescimento no número total de empregos em abril, na comparação com o mesmo mês de 2016.

Supermercados

Segundo a FecomercioSP, o saldo positivo de abril só foi possível pelo bom desempenho dos supermercados paulistas, com saldo positivo de mais de 2 mil vagas no mês. Essa evolução é explicada, segundo a entidade, pela sazonalidade positiva trazida pela Páscoa. Entre as profissões que mais empregaram estão vendedores e demonstradores (1.032 vagas) e embaladores e alimentadores de produção (736 vagas).  As informações são do portal Brasil.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*