Redução da carga horária dos servidores de Mato Grosso será prorrogada

Imagem/Agência Brasil

Em época de corte de gastos e programa de demissão voluntária no serviço público federal, o governo de Mato Grosso anunciou que vai prorrogar a redução da carga horária dos servidores do estado até o fim do ano.

Desde o segundo semestre do ano passado, servidores públicos do estado estão trabalhando com uma carga reduzida, de 13h às 19h, sem prejuízo na remuneração

Apenas serviços considerados essenciais de atendimento à população, como saúde, educação, segurança e fiscalização, estão funcionando no horário integral.

A medida foi adotada para reduzir os custos com a máquina pública e o governo garante que a qualidade do serviço público não será afetada.

De acordo com relatórios da Secretaria de Gestão de Mato Grosso, a economia com a redução da carga horária, neste primeiro semestre, foi sensível, se comparada com o mesmo período do ano passado.

O documento mostra que os gastos com serviços de cópias e impressões reduziram 21%, combustível sofreu uma baixa de 15%, telefonia 13%, energia elétrica 10% e água e esgoto 3%.

O expediente dos servidores públicos de Mato Grosso volta ao período integral a partir de 2 de janeiro.  As informações são da RadioAgência Nacional.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*