Procuradores repudiam críticas de Gilmar Mendes a Rodrigo Janot

Os procuradores da República repudiaram as declarações que o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes fez sobre o procurador-geral Rodrigo Janot.

Em nota, o presidente da Associação Nacional da categoria, que representa 1.300 procuradores, José Robalinho Cavalcanti, considerou deplorável e indigno o comportamento do ministro.

Disse que Gilmar Mendes toma posições muito próximas da política partidária, revelando objetivos e opiniões pessoais descabidas e sem cuidado com o interesse público.

Em uma entrevista concedida nessa segunda-feira para a Rádio Gaúcha, Gilmar Mendes criticou a atuação da força-tarefa da operação Lava Jato.

Logo depois, o ministro do Supremo Gilmar Mendes disse que o procurador-geral da República Rodrigo Janot é despreparado para o cargo.

A procuradoria-geral da República informou que não vai se pronunciar sobre as declarações.

Rodrigo Janot está no segundo mandato como procurador-geral, eleito pelos próprios colegas e aprovado depois de sabatina no Senado. Na reeleição, Janot teve quase 80% dos votos. As informações são da RadioAgência Nacional/Central de conteúdo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*