Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021

Política
Terça-feira, 19 de Maio de 2020, 15h:42

MUDANÇA

Pazuello nomeia mais nove militares no Ministério da Saúde

No último dia 6, uma primeira lista de militares já havia sido nomeada na Saúde.

Notícias Ao Minuto

Oministro da Saúde interino, general Eduardo Pazuello, nomeou nesta terça-feira (19) nove militares para cargos de assessoramento, coordenação e diretorias da pasta. Além disso, o secretário executivo adjunto, coronel Antônio Élcio Franco Filho, foi designado como substituto eventual de Pazuello, que está interinamente no comando da Saúde desde a saída do médico Nelson Teich na última sexta-feira. O presidente Jair Bolsonaro ainda não escolheu um novo titular para o ministério.

As nomeações estão publicadas no Diário Oficial da União (DOU) de hoje. O governo começou a ampliar o número de militares na pasta da Saúde logo depois de Luiz Henrique Mandetta deixar o cargo de ministro em meados de abril, dando lugar a Teich. A primeira nomeação foi justamente a do general Pazuello, como número dois de Teich e agora ministro provisório.

Como o Estadão noticiou no início do mês, a equipe do então ministro Nelson Teich já vinha recebendo nomes indicados pela ala militar para cargos estratégicos. As mudanças reforçam o que secretários estaduais e gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) vêm chamando de "tutela" do Palácio do Planalto e da área militar na hierarquia da pasta.

Leia Também: Em discurso na OMS, Pazuello omite gravidade da crise no país

No último dia 6, uma primeira lista de militares já havia sido nomeada na Saúde, dentre eles o tenente-coronel Reginaldo Ramos Machado, para diretor do Departamento de Gestão Interfederativa e Participativa, e o também tenente-coronel Marcelo Blanco da Costa, assessor do Departamento de Logística em Saúde.

As nomeações de hoje são:

- Luiz Otávio Franco Duarte, assessor especial do ministro.

- Giovani Cruz Camarão, coordenador de Finanças da Coordenação-Geral de Execução Orçamentária, Financeira e Contábil, da Diretoria-Executiva do Fundo Nacional de Saúde, da Secretaria-Executiva.

- André Cabral Botelho, coordenador de Contabilidade, da Coordenação-Geral de Execução Orçamentária, Financeira e Contábil, da Diretoria-Executiva do Fundo Nacional de Saúde, da Secretaria-Executiva.

- Alexandre Magno Asteggiano, assessor do gabinete do ministro.

- Marcelo Sampaio Pereira, diretor de Programa da Secretaria de Atenção Especializada à Saúde.

- Vagner Luiz da Silva Rangel, coordenador-geral de Execução Orçamentária, Financeira e Contábil, da Diretoria-Executiva do Fundo Nacional de Saúde da Secretaria Executiva.

- Angelo Martins Denicoli, diretor do Departamento de Monitoramento e Avaliação do SUS, da Secretaria-Executiva.

- Mario Luiz Ricette Costa, assessor técnico, da Subsecretaria de Planejamento e Orçamento.

- Ramon da Silva Oliveira, coordenador-geral de Inovação de Processos e de Estruturas Organizacionais, da Subsecretaria de Assuntos Administrativos, da Secretaria-Executiva.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.