Sexta-feira, 03 de Julho de 2020

Política
Quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2020, 09h:38

Mato Grosso do Sul

Gerson Claro assume liderança de Reinaldo pronto para pautas ‘nem sempre populares’

Deputado substitui missão tocada por Barbosinha em 2019

Mídia Max

O deputado estadual Gerson Claro (PP) assumiu a liderança do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O fazer o anúncio durante a sessão desta terça-feira (11), o parlamentar destacou que precisará defender as pautas ‘nem sempre populares’ do gestor tucano. Eduardo Rocha (MDB) assume a vice-liderança.

“É uma missão que vamos procurar desempenhar em alto nível, para continuar mantendo as contas em dia. É um ano de líder e recebo como missão de fazer a defesa. Nem sempre são pautas populares”, comentou.

O anúncio foi feito somente uma semana após o retorno do recesso. O problema na sua indicação, segundo fontes do próprio Governo, é que o parlamentar não estaria disposto a sacrificar, em defesa dos projetos polêmicos de Reinaldo, sua imagem já desgastada.

Preso durante a deflagração da Operação Antivírus, deflagrada em agosto de 2017, ele é réu com outras 17 pessoas em processo iniciado com denúncia do Gaeco sobre escândalos de corrupção no período em que estava à frente do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul).

Sem Ordem do Dia nesta terça, os deputados discutem a composição dos blocos para este ano. Barbosinha (DEM) anunciou que deixaria a missão na semana passada.

A explicação dada posteriormente apenas por Reinaldo Azambuja durante agenda foi de que o parlamentar deverá ser candidato à Prefeitura de Dourados neste ano.

Durante 2019, Barbosinha enfrentou desgaste com o descontentamento dos servidores públicos e aumento de impostos como o Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviária de MS) enquanto líder do governo. Na primeira gestão de Reinaldo, Rinaldo Modesto assumiu o papel pelos 4 anos.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.