Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020

Política
Segunda-feira, 06 de Julho de 2020, 11h:35

CÁCERES

Deputado solicita 40 novos leitos para Hospital Regional

Dr. Gimenez justifica que dos 22 municípios da região oeste, 21 estão afetados pela pandemia, totalizando 9% dos casos e 19% dos óbitos por Covid-19 em Mato Grosso

Redação

O deputado estadual Dr. Gimenez (PV) solicita ao governo do estado mais dez novos leitos de UTI para o Hospital Regional de Cáceres, totalizando 40 leitos, sendo 20 clínicos e 20 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A região oeste de Mato Grosso somou 1.594 casos de coronavírus (Covid-19) e 127 óbitos até a última quarta-feira (01), o que representa 9% do total de casos de Mato Grosso e 19% das mortes.

“O cronograma anunciado em maio de construção de 30 novos leitos (20 clínicos e dez de UTI) no Hospital Regional de Cáceres está em andamento com as obras avançadas, mas buscamos sensibilizar o governador Mauro Mendes para que possa aumentar o número de leitos, pois já temos 100% de ocupação e os nossos pacientes estão buscando atendimento em outros estados”.

Dr. Gimenez apresentou a indicação de construção de um total de 40 leitos na sessão parlamentar extraordinária de quinta-feira (02). Ele justificou que mais 10 novos leitos de UTI seriam de extrema importância para atender os 22 municípios da região, dos quais 21 já estão afetados pelo Covid-19. Cáceres, Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade lideram ranking com 108 mortes, segundo boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

“Como sou médico, venho acompanhando a evolução da pandemia na região mostrando a necessidade de descentralização da saúde, que é uma bandeira do meu mandato. Já havia solicitado ao Governo a abertura de leitos de UTI em Pontes e Lacerda e São José dos Quatro Marcos no mês de abril, e venho mostrando a necessidade de um maior aporte de investimentos na região oeste”.

Kit Covid-19 – O parlamentar também indicou a necessidade urgente de aquisição em larga escala de medicamentos conhecidos como “kit orientativo Covid-19” para distribuição nos municípios com maior incidência da doença. Porém, alerta para a necessidade de um sistema de distribuição conforme prescrição médica.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.