Terça-feira, 26 de Março de 2019

Política
Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2019, 15h:31

Mato Grosso

Agro vai propor reedição do Fethab 2 por 4 anos para evitar unificação

Pablo Rodrigo/ Gazeta Digital

Gazeta Digital

O setor produtivo de Mato Grosso decidiu propor ao governador Mauro Mendes (DEM) a reedição do Fethab 2 (Fundo Estadual de Transporte e Habitação, Commodities e Adicional) por um período de 4 anos. A medida deve ser apresentada na próxima segunda-feira (14) ao Executivo e aos deputados da Assembleia Legislativa (ALMT).  

  

A decisão foi tomada na manhã desta sexta (11) durante reunião das entidades que fazem parte do Fórum Agro MT: Famato, Aprosoja, Ampa, Acrimat, Acrismat e Aprosmat.   

 

Conforme o GD apurou, a decisão seria para tentar evitar a unificação dos dois Fethab, que está sendo proposta pelo governo com o objetivo de arrecadar cerca de R$ 1,5 bilhão por ano.   

 

Os produtores não aceitam a unificação e nem a vitaliciedade do Fundo, que será permanente, caso for aprovado.   

 

O novo Fethab ainda prevê recolhimento de taxas calculadas sobre produtos exportados, como a soja, algodão, milho e carne, além da madeira.    

 

O Fethab 2 foi instaurado pelo governador Pedro Taques (PSDB) e arrecadou cerca de R$ 450 milhões para os cofres do Estado. Porém, o seu prazo se encerrou no ano passado.   

 

Mauro Mendes (DEM) chegou a pedir para que Taques renovasse o Fethab 2. O ex-governador, porém, decidiu não renovar afirmando que tinha o compromisso de não seguir adiante com o Fundo.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.