Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021

Política
Segunda-feira, 16 de Novembro de 2020, 14h:52

ELEIÇÕES 2020

75 municípios registram ocorrências eleitorais

A cidade de Cuiabá, que também é o maior colégio eleitoral de Mato Grosso, registrou cinco ações ilícitas

Redação

Redação

Mato Grosso registrou 175 ocorrências criminais durante o primeiro turno das Eleições 2020, que foi realizado neste domingo (15.11). No topo da lista, com 131 casos, a boca de urna foi o ilícito mais praticado durante o pleito, seguido de ocorrências quanto ao tumulto nos locais de votação (11) e compra de votos (10). Do total de 141 municípios do Estado, apenas 75 registraram alguma atividade criminal.

A informação é do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Os órgãos federais contabilizaram 21 ocorrências, entre boca de urna (14), corrupção eleitora (02), tumulto eleitoral (03), transporte de eleitores (01) e violação do sigilo do voto (01).

As eleições para as vagas de prefeito, vereador e senador começaram às 7 horas e seguiram até às 17 horas. Posteriormente, já teve início a contagem dos votos. Somente a capital de Mato Grosso terá segundo turno para a eleição de prefeito, que será realizada no dia 29 de novembro.

As outras ocorrências foram: Promover no dia da eleição, com a intenção de fraudar o exercício do voto, fornecimento gratuito de alimento e transporte coletivo (08), violar sigilo do voto (7), transporte de eleitor (02), fake news (02), injúria racial (02), ameaça contra candidato (01) e recusar ou abandonar o serviço eleitoral sem justa causa (01).

Dos municípios, Primavera do Leste foi o que registrou maior número de ocorrências, totalizando 11, seguido de Barra do Garças e Aripuanã, com oito cada uma e Comodoro e Tapurah, com seis registros cada. O maior colégio eleitoral do Estado, Cuiabá registrou cinco casos.

“A Sesp avalia as atividades realizadas no dia eleição como muito positivas. Tivemos um planejamento antecipado com a união de todas as forças de segurança, tanto a nível estadual, como federal e todas as nossas ações houve a participação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ontem tivemos o gabinete de gestão de crise composto por todos órgãos, exatamente para dar o suporte e segurança nas eleições. Então, a gente acredita que pelo tamanho do estado, pela quantidade de municípios que nós temos, o número de ocorrências registrados estão dentro das expectativas de segurança. Destaco ainda que todas estas ocorrências foram rapidamente atendidas, resolvidas e dada o devido encaminhamento, de forma que a proposta da Sesp e do TRE é exatamente garantir o direito universal do voto”, destacou o secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Fortes.

Efetivo empregado

Para Operação Segurança nas Eleições 2020, a Sesp-MT empregou um efetivo de 4.523 profissionais e 1.337 viaturas para todo o estado. Já a Polícia Federal destinou 207 profissionais e 54 viaturas, a PRF atua com 70 policiais e 30 viaturas, o Exército com 375 militares, e a Marinha disponibilizou 8 fuzileiros e 2 motoristas.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.