Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Polícia
Terça-feira, 20 de Outubro de 2020, 13h:59

RESSOCIALIZAÇÃO

Reeducandos trabalham em obra de pavimentação

Parceria é a primeira obra do projeto “Colniza mais Bela” e conta com a participação de seis reeducandos

Redação

Redação

A Cadeia Pública de Colniza (1065 km da capital) está participando do projeto de pavimentação da cidade em ruas que dão acesso ao Fórum e ao Ministério Público da cidade.

As obras foram retomadas na segunda-feira (19.10), depois de terem sido iniciadas em dezembro do ano passado e terem sido paralisadas em razão da pandemia do novo coronavírus.

Realizada em parceria com a Prefeitura do município, esta é a primeira obra do projeto Colniza mais Bela, uma das iniciativas de ressocialização extramuros da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), e que conta com a participação de seis reeducandos.

Na parceria, a Prefeitura é responsável pela topografia e terraplanagem, enquanto a Cadeia fornece mão de obra para a confecção dos blocos e o assentamento. Serão mais de 3.500 metros quadrados pavimentados com bloquetes.

Segundo o diretor da Cadeia Pública de Colniza, Heitor Nogueira, o projeto é importante porque a população da cidade ainda sofre com a falta de pavimentação.

“A maior parte das ruas ainda são descobertas e a população sofre com poeira e lama. Nós vamos melhorar o acesso ao Fórum e o Ministério Público da cidade para que a população seja melhor atendida”.

A obra é avaliada em R$ 217 mil e os recursos para a execução são do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), captados pelo Conselho da Comunidade. O prazo de conclusão é de 14 meses.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.