Terça-feira, 21 de Maio de 2019

Polícia
Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2018, 10h:50

em vila rica / mt

Professor é morto a facadas e corpo achado em decomposição

Gazeta Digital

Marcus Vaillant

A Polícia Civil de Mato Grosso investiga um assassinato no município de Vila Rica (1.259 km a nordeste de Cuiabá), onde a vítima, um idoso de 69 anos, foi morta a facadas e deixada enrolada em lenções em cima da cama dentro de sua residência. O corpo de Jaime Raimundo Gonçalves foi localizado na noite do último sábado (29) já em decomposição. Há suspeita de que ele tenha sido atingido por pelo menos 10 golpes de faca.

Foi o forte odor do cadáver se decompondo que passou a incomodar os vizinhos e o fato de a casa da vítima permanecer trancada que resultaram na localização do corpo. Diante da situação, a Polícia Militar foi acionava para averiguar se havia algo errado na residência.

De acordo com o site Agência da Notícia, Jaime era professor de Educação Física no Município. As informações iniciais sugerem apontam que a vítima foi morta com golpes de faca sendo que na residência havia marcas de sangue por todos os lados indicando que houve luta corporal com o suspeito.

Ainda de acordo com as informações divulgadas pelo site local, nas paredes da casa tinham símbolos da facção criminosa “PCC” escritos.

A Polícia Civil prendeu um jovem suspeito de ter cometido o crime, mas por enquanto não foram divulgadas mais informações sobre o caso. A agenda telefônica do professor foi queimada.

Jaime era bastante conhecido na região Norte Araguaia por ser um grande incentivador do esporte. Com inúmeros projetos sociais, o professor se destacou não só por sua bondade e amor ao futebol, mas também por ajudar e aconselhar jovens de forma voluntária. (Com informações do site Agência da Notícia

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.