Polícia Federal combate desvio de recursos públicos no Piauí

Imagem ilustrativa: Polícia Federal

A Polícia Federal nesta quarta-feira (21/6) a Operação Pastor para fazer cessar ação de grupo criminoso que desviava recursos do Ministério da Educação, Codevasf e Funasa. Os trabalhos estão sendo realizados conjuntamente com a Controladoria Geral da União (CGU).

Policiais federais estão cumprindo mandados de prisão, de conduções coercitivas, e de buscas e apreensão, expedidos pelo Juízo Federal de São Raimundo Nonato-PI, para execução nos municípios de Teresina, São Raimundo Nonato, Dom Inocêncio e no Distrito Federal.

O grupo criminoso é investigado pela prática de desvio-peculato, fraudes licitatórias, corrupção ativa, e corrupção passiva. O prejuízo apurado até o momento ultrapassa o montante de R$ 5 milhões.

Será concedida entrevista coletiva, às 10h30, na sede da Polícia Federal em Teresina/PI. As informações são da Ascom Polícia Federal

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*