Polícia Federal abre Anteros contra governador do Rio Grande do Norte

Ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ, determinou que fosse iniciada investigação preliminar para apurar os crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça que estariam sendo praticados pelo Governador do Estado com ajuda de servidores estaduais

FOTO Marcelo Camargo/Agência Brasil

Resultado de imagem para estadao conteudo logoA Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 15, a Operação Anteros para apurar crimes de organização criminosa e obstrução da justiça pelo chefe do poder executivo no Estado do Rio Grande do Norte. O atual governador do Estado é Robinson Faria (PSD).

Agentes fazem busca na casa do governador, no Palácio do Governo do RN e na Assembleia Legislativa.

Em nota, a PF informou que cerca de 70 policiais dão cumprimento a 11 medidas judiciais, sendo 2 de prisão e 9 de busca e apreensão. Todos os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça – STJ.

O Ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ, determinou que fosse iniciada investigação preliminar para apurar os crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça que estariam sendo praticados pelo Governador do Estado com ajuda de servidores estaduais.

As manobras ilegais tinham por objetivo encobrir que fossem investigados atos do executivo estadual relativos ao desvio de recursos públicos por meio da inclusão de “funcionários fantasmas”, na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte entre os anos de 2006 até os dias atuais.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*