Polícia Civil do DF pende professor temporário acusado de estupro de vulnerável

Reprodução/Facebook PCDF

A PCDF, em ação realizada pela 30ª DP, prendeu DRC, 52 anos, acusado de estupro de vulnerável. O homem é professor temporário e praticou atos libidinosos e até conjunção carnal contra uma aluna.

Durante o período de férias escolares, o autor trocou mensagens de teor afetivo e sexual com a vítima e planejava praticar novos atos sexuais com a criança quando as aulas retornassem.

Após a comunicação dos fatos à 30ª DP, os agentes da Seção de Atendimento à Mulher empreenderam diligências, inclusive a realização de entrevista técnica com a vítima, que possibilitou a rápida prisão do autor, antes do início do semestre letivo.  As informações são da ASCOM PCDF.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*