Peru investirá US$ 1,5 bilhão em infraestrutura para Pan de 2019

O Peru projeta investir cerca de 5 bilhões de sóis (US$ 1,5 bilhão) em infra-estrutura esportiva e viária para sediar os Jogos Pan-americanos de 2019, cuja sede será a capital Lima, informou hoje (19) o comitê organizador do evento em entrevista coletiva. As informações são da agência de notícia EFE.

A estimativa é a soma de 3 bilhões de sóis (US$ 900 milhões) previstos para a construção de viadutos e melhorias em avenidas na cidade e 2 bilhões de sóis (US$ 611 milhões) para a elaboração e remodelação dos locais de competição.

Os organizadores esperam que o Pan gere para a economia local um investimento de 5 bilhões de sóis, com 680 milhões de sóis (US$ 200 milhões) em benefícios diretos e 4,387 milhões de sóis (US$ 1,34 bilhão) em indiretos.

Durante uma apresentação para mais de 800 empresários de mais de dez países, entre eles Espanha, França, Reino Unido, Chile e Canadá, os organizadores explicaram nesta segunda que os investimentos em infraestrutura esportiva terão foco em oito sedes.

O presidente do Comitê Organizador do Pan de Lima (Copal), Carlos Neuhaus, disse que 62% das arenas esportivas já existem, e o trabalho será o de melhorar, readaptar e modificar essas instalações.

O maior e mais caro projeto será a construção da Vila Pan-Americana, um complexo de 1.120 apartamentos divididos em sete edifícios de 20 andares onde ficará hospedada a maioria dos 9.000 participantes.

A Vila será o primeiro projeto a ser licitado, com processo a ser iniciado em julho, segundo Neuhaus, e até o final do ano se espera que tenham sido licitadas as construções de um complexo esportivo de 21 hectares, três arenas poliesportivas, um centro de surfe e campos de tiro, entre outras.

Na Vila Esportiva Nacional (Videna) de Lima, onde ocorrerão as provas de atletismo, handebol, levantamento de peso, badminton, tênis de mesa, esgrima, ciclismo e natação, entre outras, será construído o estádio aquático com capacidade para 4.300 pessoas e uma arena poliesportiva para 1.800 espectadores.

Lá também serão construídos mais dois ginásios e será ampliado o estádio de atletismo para receber 12.000 espectadores, sendo 7.000 cadeiras temporárias. A instalação também ganhará uma pista de última geração.

Na praia de Punta Rocas, ao sul de Lima, estará o primeiro centro de alto rendimento da América do Sul para o surfe, esporte que estreará em Jogos Pan-americanos.  As informações são da RadioAgência Nacional

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*