PCDF prende seis acusados de homicídio na Operação Rastro

Reprodução/Facebook PCDF

Entre os dias 9 e 11 deste mês, a 30º Delegacia de Polícia (São Sebastião), agentes da SIC VIO, com o apoio da Divisão de Operações Especiais (DOE), deflagrou a Operação *Rastro. A ação resultou na prisão de seis pessoas, entre 19 e 33 anos, acusadas de crime de homicídio. Um dos criminosos, de 33 anos, também foi preso em flagrante por posse ilegal de munição.

Na ação da segunda-feira (9), um indivíduo, suspeito de um duplo homicídio, foi preso por força de um mandado de prisão preventiva. Na mesma data, os agentes cumpriram mandados de prisão no Centro de detenção Provisória (CDP) contra dois acusados de homicídio. A dupla já se encontrava detida por envolvimento em outros crimes.

Na quarta-feira (11), com o apoio da DOE, foram cumpridas duas prisões preventivas de criminosos ligados a guerras de gangues e que respondem a diversos homicídios em São Sebastião. Na casa de um terceiro suspeito, os policiais localizaram e apreenderam um revólver, calibre 32, com cinco munições, utilizado em uma tentativa de homicídio praticada em setembro deste ano.

*O nome da operação, batizada de Rastro, advém de um homicídio ocorrido em junho de 2017. Os dois criminosos, presos durante a operação, assassinaram brutalmente um rapaz com 15 facadas devido a uma dívida. Ao empreenderem fuga, um dos indivíduos deixou cair um boné, que foi identificado como sendo de um dos autores.

Após os procedimentos legais, os autores foram encaminhados à carceragem da PCDF onde permanecem à disposição da Justiça.  As informações são da RadioAgência Nacional.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*