Polícia Civil do DF prende dupla por golpes avaliados em R$ 4 milhões

Imagem da PCDF

Após seis meses de investigações, a Polícia Civil do Distrito Federal – PCDF deflagrou, nessa terça-feira (26), a *Operação *Gárano*. O trabalho, coordenado pela equipe da 16ª DP (Planaltina), resultou na prisão de dois homens acusados de estelionato, associação criminosa e apropriação indébita. As prisões ocorreram em cumprimento a mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão expedidos pela Justiça.

De acordo com o delegado-chefe da 16ª DP, Edson Medina, os autores, de 35 e 38 anos, vinham praticando vários crimes de estelionato em Planaltina/DF. Um dos principais era a venda de imóveis que não pertenciam à dupla. Com um contrato de cessão de direitos ou procuração, os criminosos vendiam os bens e, somente após a finalização das negociações, é que os compradores descobriam tratar-se de um golpe. “Dezenas de pessoas foram vítimas desses criminosos. Os golpes aplicados totalizam um prejuízo aproximado de R$ 4 milhões”, destaca o delegado.

As investigações apontaram ainda que boa parte dos lotes negociados pelos autores está localizada no Setor Residencial Oeste, também chamado de Setor Militar de Planaltina. “Essa área já existe há sete anos. Esses terrenos foram doados pelo Governo do Distrito Federal a militares, professores e pessoas cadastradas na Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF – Codhab, que têm apenas a concessão do uso do solo, ou seja, não possuem a escritura pública dos imóveis”, esclarece o chefe da 16ª DP.

Durante a operação, os agentes apreenderam vários documentos, além de uma pistola, calibre 380.

Os autores, que já respondem a 20 ações cíveis, permanecem presos, à disposição da Justiça. Eles serão apresentados à imprensa objetivando a divulgação das imagens na mídia para que outras vítimas possam reconhecê-los e registrar o boletim de ocorrência.

O trabalho apuratório prossegue no sentido de realizar uma segunda fase da operação a fim de identificar e prender outros envolvidos nessa prática criminosa.

Segundo a mitologia grega, *Gárano, foi o nome dado ao ladrão dos bois de Hércules.  As informações são da Polícia Civil do Distrito Federal.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*