Terça-feira, 07 de Julho de 2020

O Bocão
Quarta-feira, 03 de Junho de 2020, 11h:03

Riva fica em silêncio

Riva fica em silêncio durante CPI

Redação

O ex-deputado José Geraldo Riva ficou em silêncio durante oitiva na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). Riva justificou que não falaria aos vereadores por força da lei de colaboração premiada, mas colocando-se à disposição para ser ouvido novamente, caso o sigilo de Justiça da delação seja quebrado.

“Eu, por força de acordo de uma colaboração premiada assinada com o Ministério Público, vou me manter em silêncio para não atrapalhar as investigações em andamento. Quando estiver permitido por lei falar sobre esses assuntos, volto à Câmara para falar tudo o que vocês quiserem”, disse.

Segundo o ex-deputado, a importância neste momento é preservar o acordo. "É unânime que a minha fala neste momento não pode ser outra senão o silêncio em função da prerrogativa que tenho e do acordo firmado”.

Quando estiver permitido por lei falar sobre esses assuntos, volto à Câmara para falar tudo o que vocês quiserem

A fala de Riva foi feita logo depois do relator da CPI, vereador Toninho de Souza, questionar se ele sabia da existência de um “mensalinho” na Assembleia Legislativa. Como ele não respondeu, Toninho optou por não fazer mais perguntas.

Diante do silêncio de Riva, os vereadores pretendem encaminhar um pedido ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso para tentar permissão para que o depoimento do ex-deputado ocorra.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.