Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020

O Bocão
Quinta-feira, 09 de Julho de 2020, 11h:26

VEJA VÍDEO

Pr. Sebastião se despede da esposa

Sebastião, apresentou os primeiros sintomas da doença no final do mês passado

Nathany Gomes

Um vídeo ao qual a reportagem teve acesso, mostra o pastor evangélico e líder da Assembleia de Deus, Sebastião Rodrigues de Souza, que morreu nesta quarta-feira (08) ,vítima do novo coronavírus (Covid-19), se despedindo de sua esposa, Nilda de Paula, antes de ser levado ao hospital.


Nas imagens - disponível no final da matéria, é possível ver o momento em que ele se prepara para deixar Nilda e diz:“Fica com Deus, que Ele te abençoe filha. O senhor é contigo mulher virtuosa”.


Sebastião, apresentou os primeiros sintomas da doença no final do mês passado. Em seguida, ele permaneceu hospitalizado por 12 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu a doença e morreu.


A esposa de 70 anos também contraiu o vírus e foi curada. Já o seu filho, o pastor Rubens Siro de Souza, de 68 anos, não resistiu a doença e faleceu na semana passada.


Cortejo
O líder religioso foi enterrado na tarde ontem. O seu cortejo, que percorreu as principais avenidas da Capital, foi marcado por uma multidão de pessoas, incluindo fies, amigos, parentes e simpatizantes, que deram o último adeus à Sebastião. Ele foi enterrado no Cemitério Parque Bom Jesus, no bairro Parque Cuiabá.


Uma transmissão ao vivo com mais de quatro mil participantes online foi realizada pelas redes sociais e marcou a celebração.


O funeral contou com apoio da segurança pública, representada pela Polícia Militar (PM) e Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob).


História
O cristão participou ativamente nos trabalhos de expansão da Igreja Assembleia de Deus em Mato Grosso, em especial com a construção do Grande Templo, localizado na avenida Historiador Rubens de Mendonça, em Cuiabá, considerado um dos maiores da América Latina.


Atualmente, a igreja conta com mais 286 unidades na Grande Cuiabá e cerca de 50 mil membros.


No dia de sua morte, Sebastião foi lembrado por grandes personalidades pública, como por exemplo, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) que emitiu uma nota de pesar.


“Hoje mais uma vez isto ocorreu com a partida para o Senhor do saudoso pastor Sebastião Rodrigues da Igreja Assembleia de Deus! A terra perde valoroso obreiro, mas o Senhor abraça um filho que venceu. Meus sinceros sentimentos a toda comunidade cristã e à família do querido pastor Sebastião! Oremos pelo conforto do Senhor na vida dos familiares!”, diz trecho.


Além disso, o governo do Estado e a Câmara Municipal de Cuiabá decretou luto oficial de três dias em razão da morte do religioso. O governador Mauro Mendes (DEM) se pronunciou.


“Tinha por ele uma grande admiração pelo líder e homem de Deus que ele sempre foi. Sua igreja e a sua fé permanecerão vivos para sempre. Eu e minha esposa Virginia Mendes estamos em oração para que Deus conforte o coração dos familiares, amigos e dos milhares de fiéis”, afirmou o chefe do Executivo Estadual.


O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), por sua vez, também se solidarizou com a morte dele. 


“Em nome da Prefeitura de Cuiabá, me solidarizo com a família e amigos do pastor Sebastião Rodrigues de Souza, ocorrido na manhã desta quarta-feira (08). Homem de fé, benfeitorias e Presidente fundador da Assembleia de Deus, Pr. Sebastião liderou a construção do Grande Templo e deixou um legado de fé e amor ao próximo para muitos fiéis. É uma grande perda para sociedade cuiabana, mato-grossense e brasileira. Que Deus conforte o coração da viúva Sra. Nila de Paula Souza, familiares e amigos”, relatou.


Dados oficiais
A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) registrou até esta quarta-feira (08.07), 24.804 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso e 921 óbitos em decorrência da doença respiratória no Estado. Nas últimas 24 horas, surgiram 1.305 novas confirmações.

 

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.