Domingo, 09 de Agosto de 2020

O Bocão
Quinta-feira, 30 de Julho de 2020, 16h:41

GOLPE EM CUIABÁ

Falso médico é preso aplicando exames para identificar câncer

Suspeito comprou documento e usava para enganar vítimas; ele tem 10 passagens pelo mesmo crime

MIDIA NEWS

MIDIA NEWS

Um homem foi preso na noite de quarta-feira (29) acusado de exercício ilegal da profissão. Ele fingia ser médico e acompanhava pacientes com câncer. O caso ocorreu no Bairro Jockey Club, em Cuiabá.

 

 

Conforme o boletim de ocorrência, uma vítima relatou que o golpista se apresentou como médico patologista e com doutorado, informando que estava fazendo exames para identificar a probabilidade de pacientes terem câncer no futuro.

 

Na casa da família, o suspeito coletou sangue dela, de sua mãe e de suas duas filhas. Pelos exames, o falso médico cobrou R$ 600, que foi transferido no mesmo dia.

 

Posteriormente, o homem voltou à casa da família e ofereceu outro exame, com o mesmo objetivo, mas agora realizado por um hospital dos Estados Unidos.

 

Desta vez, apenas a irmã da denunciante pagou o exame em dólar. No entanto, após efetuar o pagamento, ela resolveu pesquisar o currículo do médico. Então, descobriu que o homem já havia sido preso por estelionato em outras ocasiões.

Diante dos fatos, os familiares se encontraram mais algumas vezes com o falso médico, no intuito de gravar as conversas com o golpista.

 

Já nesta quarta-feira, o homem foi até a casa da família acreditando que iria receber outro pagamento. No entanto, foi abordado pela Polícia Militar.

 

Aos militares, ele confessou que não era médico e sim farmacêutico, informando que todos os exames eram falsos.

 

Em seu veículo, uma caminhonete Ford Ranger, os militares encontraram luvas, seringas, tesouras e algodão que ele alegou comprar na farmácia para aplicar o golpe.

 

Já na delegacia, durante checagem foi constatado que ele tinha cerca de 10 denúncias pelo mesmo crime.

 

Referente à carteira de médico, o homem disse que era falsa e teria pagado R$ 400 para obtê-la.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.