Segunda-feira, 19 de Abril de 2021

O Bocão
Quinta-feira, 01 de Abril de 2021, 09h:09

Véio da Havan

Desembargadora: “Fala é cruel; preocupação foi com a vida das pessoas”

Fonte: Midia News

Divulgação

A presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Maria Helena Póvoas, rebateu as declarações do empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, conhecido nas redes sociais como "Véio da Havan".

Ele usou o Instagram para classificar a decisão da magistrada de "desumana" e "mesquinha" por decretar quarentena obrigatória no Estado.

Por meio de sua assessoria, Maria Helena classificou a fala como cruel. Afirmou que a preocupação foi salvar vidas em meio à pandemia da Covid-19 e a possibilidade de faltar oxigênios em leitos de hospitais.

“A desembargadora está com consciência tranquila, porque sabe que tomou decisão correta no momento em que a pandemia atingiu o momento mais crítico em que mais de uma centena aguarda UTI, dezenas de mortes e que hospitais anunciam risco de faltar oxigênio”, disse.

“Isso não significa que a desembargadora não tenha sensibilidade com as pessoas que estão desempregadas, significa apenas que esse é o momento de preservar vidas. creditar falta de sensibilidade é de uma crueldade enorme, pois a primeira preocupação sempre foi com a vida das pessoas”, completou.

 

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.