Terça-feira, 07 de Julho de 2020

O Bocão
Quinta-feira, 28 de Maio de 2020, 15h:09

Polêmica

Advogado defende que presidente da OAB-MT se afaste temporariamente

Midia News

O advogado Eduardo Manhon defendeu cautela no tratamento sobre o caso de suposta violência doméstica envolvendo o presidente da OAB, Leonardo Campos, que foi preso acusado de agredir a esposa na noite de quarta-feira (27).

 

Apesar de considerar contundentes as declarações da esposa, a também advogada Luciana Póvoas, Mahon disse que “é preciso relembrar o primado da inocência sobretudo num caso onde não haja sequer oferta de denúncia”.

 

Ainda no texto, ele lembrou que em 18 de março de 2019, o Conselho Federal da Ordem editou uma súmula vedando ao advogado agressor de mulheres a entrega da carteira profissional por falta de idoneidade.

 

“Não é o caso em apreço, todavia. Ainda assim, como o suposto agressor é o próprio presidente de umas das Seccionais da OAB, convém que se afaste do cargo enquanto se desenrolam as investigações preliminares, pelo menos”, escreveu.

 

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.