Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019

Meio Ambiente
Sexta-feira, 16 de Agosto de 2019, 11h:49

QUEIMADAS

Fogo avança sobre Chapada e pontos turísticos são fechados

REPRODUÇÃO

Parque Nacional de Chapada dos Guimarães (PNCG) está em chamas há uma semana. O fogo, que começou na última sexta-feira (9), já atingiu mais de 3,3 mil hectares. A área destruída representa 10% do total do parque, composto por 33 mil hectares. Conforme informações do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), por questão de segurança, os atrativos Cidade de Pedra e Vale do Rio Claro seguem fechados para visitação. O turismo em outros pontos pode ser afetado, entre eles a Cachoeira Véu de Noivas que ontem não foi aberta ao público. Na quinta-feira (15) completou um mês do período proibitivo de queimadas em Mato Grosso com aumento de 195% nos focos de calor em comparação como mesmo período do ano passado.

Boletim informativo do PNCG destaca que o incêndio atinge a região centro-norte da Unidade de Conservação (UC). O fogo teve início dia 8 de agosto nas proximidades do Distrito de Água Fria, zona rural de Chapada dos Guimarães, adentrando o parque no dia 9. Apenas com o incêndio que atingiu o norte da unidade foram mais de 2,9 mil hectares queimados. A área total atingida, dentro e fora do Parque Nacional, já ultrapassa 8,5 mil hectares.

“Brigadistas do ICMBio e Ibama e Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso vêm trabalhando no combate ao incêndio florestal. Após sobrevoo feito na parte da manhã, observou-se que, aparentemente, está estagnado, o que demonstra que a estratégia de combate tem sido eficaz. Dois aviões do tipo airtractor, contratados pelo ICMBio, seguem dando apoio aéreo ao combate”, destaca boletim do ICMBio.

Balanço do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostra que de 15 de julho a 15 de agosto, primeiro mês do período proibitivo de 2019, 13 unidades de conservação estadual somaram 218 focos de calor. A Área de Proteção Ambiental de Chapada dos Guimarães é exatamente a que lidera o ranking, com 53 focos.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.