Mato Grosso: Polícia Civil recupera em Rosário Oeste gado furtado em Diamantino

Imagem ilustrativa / redes sociais

Assessoria | PJC-MT

Doze cabeças de gado furtado de uma propriedade rural em Diamantino (208 km a Médio Norte) foram recuperadas, no último sábado (08), durante trabalho integrado das Delegacias da Polícia Judiciária Civil das cidades de Nobres (146 km a Médio Norte) e Rosário Oeste (128 km ao Norte).

Os animais foram localizados no decorrer das investigações que apuram furtos de gado ocorridos na região, visando combater também crimes contra o patrimônio, cometidos, na zona rural dos municípios da circunscrição.

Um dos furtos praticado de forma semelhante a outros, aconteceu no dia anterior, sexta-feira (07.09), na Fazenda São Jorge, em Diamantino.

Conforme a vítima, de 74 anos, ao amanhecer percebeu que seis vacas, cinco bezerros e um touro de sua propriedade não estavam mais na fazenda e o cadeado da porteira havia sido arrombado.

Diante dos fatos, os policiais civis intensificaram as diligências e descobriram que os animais poderiam estar escondidos na Estrada da Forquilha, nas proximidades da localidade conhecida como Fazenda do Gaúcho.

Com base nas informações as equipes de Nobres e Rosário Oeste  foram até o local e  conseguiram recuperar os doze animais furtados, em Diamantino.

De acordo com o delegado de polícia Walter Melo Fonseca Junior, as investigações continuam para identificar e prender os autores do furto.

O gado recuperado foi restituído à vítima.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*