Mato Grosso: Cerca de 680 carteiras de trabalho estão disponíveis para retirada nas unidades do Sine Municipal

Imagem da ASCOM

Cerca de 680 Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS) estão disponíveis para retirada nos dois postos do Sine Municipal de Cuiabá. É o que informa a Diretoria de Geração de Emprego e Qualificação da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico. Os documentos foram solicitados nas unidades do Sine Coxipó e Porto, no entanto, os requerentes ainda não retornaram aos postos de atendimento para fazer o recolhimento. As carteiras de trabalho são referentes a pedidos feitos nos anos de 2015, 2016 e 2017.

Conforme o diretor Rafael Butareli, para fazer a retirada da CTPS o cidadão deve apresentar a 2ª via do comprovante de solicitação, entregue no ato do atendimento, ou um documento pessoal com foto. Ele ressalta que a remoção deve ser realizada pelo titular do pedido ou por outra pessoa, sendo a segunda opção podendo ser efetuada apenas através de uma procuração.

“Grande parte das carteiras deixadas para trás já são do modelo digitalizado que, além de dar maior agilidade no processo de confecção, permite a realização em tempo real consultas sobre a vida profissional do trabalhador, saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), contagem do tempo de serviço e pagamento de abono salarial. Isso auxilia no combate a possíveis fraudes na concessão de benefícios trabalhistas”, comentou Butareli.

Confecção

O pedido da carteira pode ser feito nas unidades do Sine Municipal do Coxipó e do Porto. Os pontos de atendimentos funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. O Sine Coxipó está localizado na Rodovia Palmiro Paes de Barros, no bairro Vista Alegre. Já a unidade do Porto, está instalada no Shopping Popular.

“São aproximadamente 600 pedidos atendidos mensalmente, somado as duas unidades. O documento leva cerca de 12 dias para ficar pronto e para solicitar é necessário apresentar todos os documentos pessoais, foto 3×4 e comprovante de residência. É importante lembrar que, no caso de segunda via, deve-se entregar também um Boletim de Ocorrência (B.O) e um espelho do Programa de Integração Social (PIS)”, explicou o diretor.  As informações são da Ascom Prefeitura de Cuiabá.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*