Terça-feira, 26 de Janeiro de 2021

Justiça
Segunda-feira, 16 de Novembro de 2020, 15h:36

SEM REELEIÇÃO

Três desembargadores se candidatam à presidência do TJ-MT

As inscrições se encerram na próxima terça-feira (17); eleição interna ocorre no dia 26 de novembro

MidiaNews

MidiaNews

Três desembargadores já se inscreveram para concorrer ao cargo de presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso na eleição que será realizada no próximo dia 26.

 

Conforme apurou a reportagem, os inscritos são a atual vice-presidente Maria Helena Gargaglione Póvoas, o corregedor-geral Luiz Ferreira da Silva e Sebastião Moraes Filho.

 

As inscrições se encerram na próxima terça-feira (17).

 

Há expectativa de que o desembargador Juvenal Pereira também se candidate. Ele, Luiz Ferreira e Sebastião Moraes haviam se inscrito antes da eleição ser suspensa pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

 

O CNJ proibiu a reeleição do presidente, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha.

 

A reportagem apurou que Maria Helena é uma das favoritas para vencer o pleito.

 

Segundo revelou uma fonte ao MidiaNews, ela está costurando um apoio junto a outras oito mulheres que compõem a corte superior do Judiciário mato-grossense. No total, são necessários 15 votos para conquistar a cadeira.

 

Caso vença, Maria Helena será a segunda mulher a ocupar a presidência do Tribunal de Justiça. A primeira foi a desembargadora aposentada Shelma Lombardi de Kato no biênio 1991/1993.

 

Ainda conforme apurou a reportagem, para o cargo de vice-presidente se inscreveu, até o momento, a desembargadora Maria Aparecida Ribeiro. E para corregedor-geral, o desembargador José Zuquim Nogueira.

 

A nova Mesa Diretora será responsável por comandar o Judiciário mato-grossense no biênio 2021/2022.

 

A posse dos eleitos ocorrerá no dia 18 de dezembro de 2020, e a entrada em exercício nos respectivos cargos de direção se dará em 1º de janeiro de 2021.

 

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.