Domingo, 21 de Julho de 2019

Justiça
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019, 11h:16

tangará da serra / mt

Justiça solta de jovem que atropelou e matou motociclista

Olhar Direto

Otmar de Oliveira

O desembargador Orlando Perri, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), concedeu habeas corpus a Jackeline Leão Southier, presa no último dia 13 de janeiro pela morte de Rodrigo Bem Fica Pipi, de 18 anos, atropelado pela Hilux conduzida pela jovem, em Tangará da Serra (a 251 km Cuiabá). A prisão de Jackeline havia sido convertida para preventiva, mas a defesa entrou com pedido de liberdade.
 
Leia mais:
Juíza mantém presa jovem que atropelou e matou motociclista ao dirigir embriagada
 
Em uma decisão desta quarta-feira (16), a juíza Anna Paula Gomes de Freitas, da Segunda Vara Criminal de Tangará da Serra, responsável por converter em prisão preventiva a prisão em flagrante de Jackeline, reconheceu a decisão do desembargador relator do habeas corpus, Orlando Perri, e determinou que a jovem fosse notificada, no ato da soltura, das medidas cautelares impostas.
 
Jackeline deverá comparecer mensalmente em juízo para informar e justificar suas atividades. Além disso ela não pode se ausentar do território da Comarca de Tangará da Serra sem autorização judicial, comunicando à autoridade judiciária, imediatamente, eventual mudança de endereço.
 
A jovem também fica proibida de frequentar bares, casas de jogos, boates, bocas de fumo e estabelecimentos desta natureza e se envolver em outro fato criminoso. O desembargador também a proibiu de portar armas e ingerir bebidas alcoólicas.
 
O caso
 
Um jovem, identificado como Rodrigo Bem Fica Pipi, de 18 anos, morreu na manhã desse domingo (13), em Tangará da Serra (251 Km de Cuiabá). A vítima voltava do serviço em uma moto Honda CG 150 pela rua São João por volta das 6h30, quando foi atingido por uma Hilux que invadiu a preferencial.
 
A condutora da caminhonete, Jackeline Leão Southier, foi presa em flagrante. Ela apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do bafômetro. A jovem foi encaminhada pela PM para o hospital da cidade onde realizou exames clínicos com um médico legista.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.