Justiça inicia julgamento de acusado de tentativa de homicídio contra juíza

Imagem ilustrativa/Redes Sociais

O vendedor Alfredo José dos Santos, de 37 anos, acusado de tentar atear fogo em uma juíza, está sendo julgado nesta segunda-feira (3), no Fórum Criminal da Barra Funda, em sessão prevista para prosseguir até amanhã (4). Em 30 de março de 2016, o réu invadiu o Fórum do Butantã com um galão de gasolina e um isqueiro ameaçando queimar uma juíza e um vigia em protesto contra a decisão da Justiça de tirar a guarda de seu filho. Ele responde pelas tentativas de homicídio contra a juíza Tatiane Moreira Lima, 38 anos, e o vigilante Crispiniano Márcio Oliveira de Almeida.

O julgamento teve início às 10h com o depoimento de uma das vítimas, a juíza Tatiane Moreira Lima. Neste momento, ela responde a perguntas do promotor do caso. De acordo com a assessoria de imprensa do Fórum da Barra Funda, em seguida o juiz ouve a outra vítima, o vigilante Crispiniano Márcio Oliveira de Almeida. Ainda serão ouvidas duas testemunhas de acusação, cinco testemunhas comuns e uma testemunha de defesa. O réu é o último a ser ouvido.

Caso

O caso ocorreu no início da tarde do dia 30 de março de 2016. De acordo com o Tribunal de Justiça, um homem que participaria de uma audiência na Vara de Violência Doméstica entrou no Fórum Butantã carregando uma sacola com artefatos inflamáveis.

Ele acabou fazendo a magistrada Tatiane Moreira Lima refém, jogou um líquido inflamável sobre e juíza e ameaçou atear fogo no corpo dela. Policiais se aproveitaram de um momento de distração do agressor e conseguiram rendê-lo. O fórum ficou fechado no dia 31 de março e voltou a funcionar normalmente no dia 1º de abril de 2016.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o agressor da juíza foi preso em flagrante e encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Belém 1. Ele foi indiciado por tentativa de homicídio, explosão e resistência.  As informações são da RadioAgência Nacional.
Exibindo central.PNG

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*