Terça-feira, 23 de Abril de 2019

Internacional
Segunda-feira, 15 de Abril de 2019, 20h:57

Desastre na França

Unesco oferece ajuda para a reconstrução da catedral em Paris

Agência Brasil

Reprodução da Agência Brasil

A Organização da Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) ofereceu hoje (15) apoio ao governo francês para recuperar a Catedral de Notre-Dame, atingida por um incêndio nesta segunda-feira e resguardar o patrimônio cultural do templo.

A diretora-geral da Unesco, Audrey Auzoulay, disse que a agência acompanha de perto a situação do incêndio e está empenhada em recuperar “essa herança inestimável".

Em sua conta no Twitter, Audrey afirmou estar comovida “diante do trágico incêndio na catedral de Notre Dame de Paris, registrada no Patrimônio Mundial em 1991".

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que ficou "horrorizado" com as imagens do incêndio na Catedral de Notre-Dame.

Secretário-geral da ONU, António Guterres
Secretário-geral da ONU, António Guterres, presta solidariedade aos franceses - Foto: ONU/ Mark Garten

"Uma joia única do patrimônio mundial que permanece em pé desde o século XIV. Os meus pensamentos estão com as pessoas e com o governo da França ", afirmou Guterres na sua conta no Twitter.


Reações


A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, postou, na sua conta no Twitter, uma foto da catedral em chamas e emogis com carinha de choro e apenas uma frase: “Eu sou parisiense.”

Angela Merkel exigiu "a máxima pressão" sobre a Síria para conseguir a suspensão imediata dos ataques aéreos e combates no país
Angela Merkel usou as redes sociais para se manifestar e lamentar o incêndio - (Wilson Dias/Arquivo Agência Brasil)

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, publicou, na sua conta pessoal no Twitter, um vídeo com imagens do incêndio que atingiu a Notre-Dame. “Um golpe no coração dos franceses e de todos nós europeus”, disse o italiano em francês.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.