22 de Maio de 2017

Facebook Twitter Google Plus rss
Mapa do Brasil
Terça, 02 de maio de 2017, 12h08 Tamanho do texto A- | A+


INTERNACIONAL

Putin defende investigação imparcial de ataque químico na Síria



A Rússia condena o uso de armas químicas por qualquer um e quer uma investigação completa e imparcial do ataque com gás venenoso na cidade síria de Khan Sheikhoun, no mês passado, disse o presidente russo, Vladimir Putin, nesta terça-feira (2).

 

"Aqueles que forem culpados devem ser encontrados e punidos", afirmou Putin, em entrevista coletiva, após encontro com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, na cidade russa de Sochi, no Mar Negro. "Mas isso só pode ser feito após uma investigação imparcial", acrescentou.

 

Putin afirmou que uma solução na Síria só pode ser encontrada por meios pacíficos e sob a proteção da Organização das Nações Unidas.

 

Na mesma entrevista, Angela Merkel convocou todos os envolvidos no conflito na Ucrânia para trabalhar em busca do cessar-fogo estabelecido pelo Tratado de Minsk, dizendo que a implementação de tais acordos pode levar à retirada das sanções da União Europeia à Rússia. As Informações são da RadioAgência Nacional.

central (1).PNG



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Enquete

Quantas vezes você já doou sangue?

Uma vez

Duas vezes

Três ou mais

Nunca

  • Parcial Votar

PREVISÃO DO TEMPO

NEWSLETTER

Preencha o formulário abaixo para
receber nossa newsletter:




Copyright © 2014 Brasil Notícia - Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.