26 de Maio de 2017

Facebook Twitter Google Plus rss
Mapa do Brasil
Segunda, 08 de maio de 2017, 06h04 Tamanho do texto A- | A+


INTERNACIONAL

Conheça o novo presidente da França e o que ele tem pela frente em sua administração

Reprodução das Redes Sociais

Clique para ampliar



O centrista Emmanuel Macron derrotou, com 65,5% dos votos, a líder da extrema-direita Marine Le Pen. Ela obteve 34,5% dos votos.  Ex-ministro da Economia do presidente François Hollande, Macron se torna, aos 39 anos, o mais jovem presidente da história da França.

 

Macron e Le Pen protagonizaram a primeira eleição sem o bipartidarismo entre o Partido Socialista, do atual presidente François Hollande, e Os Republicanos, de François Fillon, que também concorreu ao cargo nesta eleição.

 

O novo presidente francês tem, dentre seus desafios, um desemprego endêmico de cerca de 10%, a luta antiterrorista e a crise da União Europeia, que acaba de perder o Reino Unido. Para seus críticos, Macron é apontado como produto do sistema, embora se apresente como um líder antissistema. Ele não se classifica nem como sendo de direita, nem de esquerda.

 

Formado pela Escola Nacional de Administração, berço da elite política e intelectual francesa, Macron começou sua carreira como inspetor de Finanças e, mais tarde, chegou ao banco Rothschild, tendo sido nomeado sócio-gestor.

 

Emmanuel Macron, que nunca havia disputado um cargo eletivo antes, começou a ser conhecido politicamente há três anos, quando foi nomeado ministro da economia do socialista François Hollande. E foi como ministro que ele lançou o movimento político Em Marcha!, sinalizando sua insatisfação com o Partido Socialista. Tanto que se recusou a participar das prévias do partido e se lançou como candidato independente.

 

Em toda sua campanha, o novo presidente trouxe em seu discurso a máxima de que a maioria da população já não confia nos partidos tradicionais.

 

Mas ainda que Marine Le Pen tenha obtido apenas um terço dos votos dos franceses, ela já reagiu após o resultado. Além de parabenizar seu adversário, em um rápido discurso após o anúncio da vitória de Macron, ela declarou que vai liderar o combate das eleições legislativas em junho.

 

A posse de Emmanuel Macron deve ocorrer até o dia 14 de maio, quando termina oficialmente o mandato de François Hollande.

 

Em sua conta oficial no Twitter, o presidente Michel Temer felicitou Macron pela vitória e disse que Brasil e França trabalharão juntos pela democracia, os direitos humanos, o desenvolvimento e a paz.As Informações são da RadioAgência Nacional e da Rádio França Internacional.

central (1).PNG



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Enquete

Quantas vezes você já doou sangue?

Uma vez

Duas vezes

Três ou mais

Nunca

  • Parcial Votar

PREVISÃO DO TEMPO

NEWSLETTER

Preencha o formulário abaixo para
receber nossa newsletter:




Copyright © 2014 Brasil Notícia - Todos os direitos reservados. É proibida a reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização por escrito dos responsáveis.