Caldeirão Político

Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019, 08h:14

UFMT pagou R$ 192 milhões por contratos sem licitação em 2019

Dispensa relativa à despesa anual com serviços de energia elétrica totaliza pouco mais de R$ 18 milhões

MIDIA NEWS

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), sob o comando da reitora Myrian Serra, utilizou a dispensa de licitação em 95,83% das contratações feitas ao longo deste ano. Dos pouco mais de R$ 202 milhões de contratos firmados, R$ 193 milhões foram de forma direta.

Os dados estão disponibilizados no Portal Transparência do Governo Federal.

 O portal traz, também, as somas das contratações realizadas por pregão, que totalizam R$ 4 milhões (1,98%); pregão - registro de preço, que passam de R$ 3,4 milhões (1,68%); as por inexigibilidade de licitação, que totalizam R$ 911 mil (0,45%); e as feitas por tomadas de preço, cujo total é de R$ R$ 106 mil (0,05%).

 
 

 O MidiaNews fez um levantamento e constatou que há contratações para as mais diversas finalidades.

 O maior montante encontrado pela reportagem foi uma dispensa relativa a cobertura de despesa anual com serviços de fornecimento de energia elétrica para os campus da UFMT, que totaliza pouco mais de R$ 18 milhões.

 Deste montante, R$ 17,9 milhões são para fornecimento propriamente dito, enquanto R$ 20 mil foram para recolhimento de taxas, impostos ou multas.

 Outra dispensa, no valor de R$ 837,2 mil, foi realizada para custear um concurso público para a Prefeitura Municipal de Tangará da Serra.

 Contratos por dispensa para a prestação de serviços de mão de obra de motoristas (categoria B e D - sem fornecimento de automóvel - de docentes, técnicos administrativos e discentes em atividades administrativas e acadêmicas) somam pouco mais de R$ 441,5 mil.

 Há extratos no portal que mostram aquisições de garrafões de água de 20 litros para atender ao Campus de Rondonópolis. Os 2.241 galões saíram ao custo de R$ 17,6 mil.

 São listados, também, pagamentos de licenciamentos de veículos e de seguros DPVAT, cujas somas variam de R$ 47,48 a R$ 568,43. Há ainda pagamentos de IPTU.

 Os dados incluem, ainda, contratações feitas para aquisição de medicamentos, seja para atender a demanda do Hospital Universitário Júlio Muller, bem como para servidor da UFMT vítima de acidente de trabalho.

 Por fim, o portal traz dispensas para pagar contrato relativos à locação de imóveis, com valores de R$ 28,3 mil e R$ 6,1 mil, por exemplo.

 Veja outras dispensas:

 Aquisição de oxigênio medicinal criogênico - R$ 59.000,00

 Aquisição de hortifrutigranjeiros fornecidos por agricultores familiares - R$ 19.799,19

 Aquisição de produtos para lactário - R$ 18.480,00

 Aquisição de instrumentais de odontologia - R$ 7.602,06

 Aquisição de Caixa completa de Timpanomastoidectomia - R$ 6.757,00

 Aquisição de medicamentos – R$ 2.885,70

 Aquisição de Sangue de coelho desfibrinado - R$ 315

 

 
 

Fonte: Brasil Notícia

Visite o website: brasilnoticia.com.br