Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Geral
Domingo, 21 de Julho de 2019, 11h:39

Deputada Federal Tabata Amaral (PDT)

Tabata Amaral contratou o namorado por 50 dias e pagou R$ 23 mil de salário, durante as eleições

Fonte: Tupi

Divulgação

As informações do pagamento estão na prestação de contas da parlamentar no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A deputada federal Tabata Amaral (PDT) contratou o próprio namorado, o colombiano Daniel Alejandro Martínez, para trabalhar em sua equipe de campanha em 2018, recebendo um salário de R$ 23.050, oriundo do Fundo Partidário. O jovem prestou serviços de análise estratégica por cerca de 50 dias. As informações do pagamento estão na prestação de contas da parlamentar no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Tabata e Martínez namoram desde 2016, e apesar da atitude não ser algo ilegal, vai na contramão do discurso pregado pela deputada. Através de nota, a assessoria da parlamentar se limitou a dizer: “A campanha de Tabata Amaral cumpriu as leis eleitorais na contratação de seus serviços e pessoas. Todas as informações são públicas e estão no portal do TSE. A deputada não vai comentar o assunto”.

Durante a campanha eleitoral, Tabata Amaral recebeu cerca de R$ 1,3 milhão, tendo como maior doador a direção nacional do PDT, que repassou R$ 100 mil. Ainda de acordo com a prestação de contas ao TSE, Martínez recebeu o quarto maior pagamento da campanha dado a pessoas físicas.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.