Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Geral
Terça-feira, 20 de Outubro de 2020, 14h:41

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Governador defende que evento se traduza em resultados efetivos ao cidadão

Mauro Mendes ressaltou importância da tecnologia para o desenvolvimento de Mato Grosso

Redação

Redação

O governador Mauro Mendes defendeu que os debates e projetos apresentados durante a 17ª Semana de Ciência e Tecnologia (SNCT) sejam revertidos em resultados efetivos para a melhoria da vida dos cidadãos.

Mendes participou do evento, via videoconferência, na manhã desta terça-feira (20.10). O tema do evento é “Inteligência Artificial: A nova fronteira da ciência brasileira”.

Dentro da programação, ocorre a 12ª Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (MECTI). A mostra é realizada pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), em parceria com o Instituto Farmun e conta o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

“Eu desejo que todos possam ter boas discussões, que possam fazer desse encontro mais uma fonte de oportunidades para debater temas tão importantes. Que essa semana possa se traduzir em resultados efetivos para o dia a dia de todos os nossos cidadãos”, afirmou o governador.

Mauro Mendes destacou que a tecnologia se mostrou ainda mais importante neste ano, em razão das dificuldades trazidas pela covid-19.

“Essa pandemia trouxe ao mundo grandes desafios. E isso vai exigir de todos nós um esforço muito grande para voltar a vida normal. Por outro lado, a pandemia nos trouxe alguns ensinamentos que poderão ser úteis, e um deles é usar melhor a tecnologia disponível, a tecnologia que nós conhecemos. Exemplo disso é poder participar de um evento como esse de forma virtual”, destacou.

De acordo com o gestor, Mato Grosso tem um campo “absolutamente promissor”, que é a produção de alimentos, área que demanda constantemente mais e mais avanços tecnológicos.

“Temos crescido nos últimos anos em ritmos muito próximos ou até superiores ao chamado ritmo chinês. Esse ano, mesmo com a pandemia, mesmo com a desaceleração da economia brasileira, Mato Grosso vai terminar o ano de forma positiva, com PIB positivo, próximo da casa de dois dígitos. Isso é graças a milhares de mato-grossenses que trabalham muito. Precisamos manter o otimismo e superar qualquer outro tipo de dificuldade que possa ser colocada no nosso caminho, e isso passa por valorizar e investir em avanços tecnológicos”, concluiu.

São parceiros da SNCT com a realização de exposições durante o evento em stands 360º a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), o Instituto Farmun, a Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso (FIEMT), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a empresa Titânia Telecom.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.