Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020

Geral
Sexta-feira, 10 de Julho de 2020, 19h:58

COMBATE À COVID-19

Emanuel irá entregar outros 20 leitos de UTI"s

As declarações foram dadas ao Programa Novo Dia da CNN Brasil na manhã desta sexta-feira (10)

Reprodução

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), afirmou que as decisões tomadas entre a Prefeitura de Cuiabá e o Governo do Estado nas ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19), tratam-se de “visões diferentes”.

As declarações foram dadas ao Programa 'Novo Dia' da CNN Brasil na manhã desta sexta-feira (10).

“Eu mostro com a realidade de números, dados oficiais do Ministério da Saúde, que mostra uma interiorização absurda, rápida e violenta da doença, que está afetando todo Mato Grosso e vai chegar e já chegou em Cuiabá”, disse o prefeito.

Segundo o gestor municipal, paralelo as medidas políticas, na semana que vem irá entregar mais 20 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI'S), destinados exclusivamente aos pacientes infectados pela doença respiratória.

“Já lançamos a barreira sanitária e vamos ampliar. Também vamos lançar o Kit Covid-19 com prescrição médica e com consentimento por escrito do paciente também a partir da semana que vem. São respostas imediatas que queremos dar em defesa da saúde e vida das pessoas”, pontuou Pinheiro.

Conforme algumas declarações dadas por Mauro, as medidas iniciais tomadas por Emanuel no começo da pandemia em Cuiabá, foram precipitadas demais, ele se refere ao fechamento precoce das atividades econômicas e ressalta que o momento ideal para esta medida seria agora, onde houve um crescimento acelerado no número de casos confirmados da doença como também de mortes. 

Mato Grosso atualmente é considerado epicentro do novo coronavírus no país.

Dados oficiais
De acordo com último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado e Saúde (SES-MT), o Estado registrou 26.396 casos confirmados da covid-19 e 961 óbitos. Nas últimas 24 horas, surgiram 1.617 novas confirmações.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.