Terça-feira, 26 de Janeiro de 2021

Geral
Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020, 15h:30

ESTRUTURA PREPARADA

Emanuel descarta decretar lockdown após eleições em Cuiabá

Prefeito postou um vídeo nas redes sociais dizendo ser “fake news” adoção de medidas mais restritivas de locomoção e acesso a bens e serviços na Capital

Fonte: Folha Max

Divulgação

O prefeito de Cuiabá, e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), chamou de fake news (notícia falsa) a intenção de adotar um lockdown na Capital em razão dos casos de contaminação e mortes pelo novo coronavírus (Covid-19). Em postagem nas redes sociais, Pinheiro desmentiu que irá adotar a restrição após as eleições.

O segundo turno do pleito ocorre no próximo dia 29 de novembro. “Está rolando uma conversa fiada aí sobre o lockdown. É fake news, é mentira. Nossa gestão já estruturou o sistema de saúde em Cuiabá. Cuiabá já está estruturada para enfrentar a pandemia. Não caiam nesse conto do vigário eleitoreiro”, lembrou.

Atualmente, Cuiabá conta com 95 UTIs no antigo Pronto Socorro, referência no tratamento de pacientes com Covid-19, além de 40 leitos no Hospital São Benedito. Há também os leitos de retaguarda distribuídos em Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

De acordo com o último boletim epidemiológico publicado pela prefeitura de Cuiabá, na última segunda-feira, 34 pessoas ocupam leitos de enfermaria, e outras 49 em UTIs, que foram diagnosticadas com Covid-19. Outras 94 pessoas estão com suspeita do vírus.

 
Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.