Sábado, 14 de Dezembro de 2019

Geral
Quarta-feira, 17 de Julho de 2019, 10h:18

Prefeito de Cuiabá

“Cuiabá carrega Saúde de MT nas costas; Mendes deve ajudar”

Fonte: Midia News

Alair Ribeiro

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) entregou, na tarde desta terça-feira (16), a 4ª etapa da obra do novo Hospital e Pronto Socorro da Capital e disse que aguarda uma sinalização por parte do governador Mauro Mendes (DEM) de repasse de recursos para a unidade.

“Cuiabá sempre carregou nas costas a saúde pública do Estado. Especialmente nesses dois últimos anos, onde a saúde pública estadual enveredou-se numa crise sem precedência”, disse o prefeito, em coletiva de imprensa.

 

“Foram desativados ou fechados vários hospitais regionais, o que sobrecarrega sobremaneira Cuiabá. E, com todas nossas dificuldades, limitações e faltas de recursos, não deixamos de honrar a natureza do SUS [Sistema Único de Saúde] e atendemos todos que bateram à porta da saúde da Capital”, afirmou o emedebista.

Momentos antes, em seu discurso, Emanuel fez questão de citar a parceria com a bancada federal de Mato Grosso – incluindo deputados e senadores – junto ao Ministério da Saúde o que, entre outros pontos, permitiu a liberação de repasses da União para a obra. 

(O governador) ainda não sinalizou nada a respeito de repasses. Mas tenho certeza de que irá sinalizar e vai ajudar. Tenho certeza. Até porque atendemos o Estado todo

Falou também do apoio recebido de parte da Câmara de Vereadores e do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM).

“A Câmara Federal foi fundamental para darmos sequência à entrega do HMC. Não abro mão dessa minha relação com a bancada federal, com a Câmara e o Senado. Estão nos ajudando, abrindo portas, conseguindo recursos e encaminhamentos para consolidar o HMC, além de nos ajudar a virar a página, dar início a um novo ciclo da saúde pública da Capital e do Estado”, disse o prefeito.  

“Quero agradecer a bancada estadual, em nome do presidente Botelho. Agradecer o apoio, companheirismo, estímulo e incentivo. Assembleia está sempre ao nosso lado, colocando-se à disposição para jogar por Cuiabá e pela população cuiabana”, acrescentou.

 Questionado se faltaria essa mesma parceria por parte do governador Mauro Mendes e também sobre a ausência de um representante do Governo do Estado no evento, o prefeito minimizou.

“Há uma correria muito grande no dia a dia. Isso é normal. Eu mesmo não vou poder estar aqui na Santa Casa no dia 23 (data em que a unidade será reaberta). Não é por nada. Já tinha um compromisso familiar, mas vou mandar representantes. Minha equipe da Saúde estará lá. Queremos construir pontes e não paredes com o Governo do Estado”, disse.

“(O governador) ainda não sinalizou nada a respeito de repasses. Mas tenho certeza de que irá sinalizar e vai ajudar. Tenho certeza. Até porque atendemos o Estado todo”, emendou o prefeito.

4ª etapa 

A entrega da quarta etapa do novo Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá consiste no funcionamento de 40 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Ao todo, são previstos 60 leitos de UTI.

 

Já está em funcionamento no HMC o ambulatório, 180 leitos clínicos, farmácia satélite e o parque tecnológico de imagens, com serviços de ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia e radiografia. 

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.