Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Geral
Quinta-feira, 30 de Julho de 2020, 14h:27

Polícia

Assassino da pizzaria é preso novamente

Além do homicídio praticado com crueldade contra uma mulher, ocorrido em fevereiro de 2012 em uma pizzaria da Capital, ele tem antecedentes criminais por roubo majorado e receptação

REDAÇÃO

Redação

O juiz da Vara de Execução Penal em regime Aberto e Semiaberto de Cuiabá, Leonardo Pitaluga, determinou na tarça-feira (28) o retorno para o regime fechado do condenado Weber Melques Venandis de Oliveira, 30 anos, condenado em 2015 pelo assassinato da jovem Katsue Stefane Santos Vieira. O condenado a matou com facadas e em seguida a queimou em um forno de uma pizzaria em Cuiabá.

O mandado foi cumprido no final da tarde de terça-feira, após a Polinter receber a ordem judicial referente à prisão em regime fechado. Ele foi localizado pela equipe policial em uma rua do bairro Jardim Independência, também em Cuiabá. Além do homicídio praticado com crueldade contra uma mulher, ocorrido em fevereiro de 2012 em uma pizzaria da Capital, ele tem antecedentes criminais por roubo majorado e receptação. Pelo homicídio, a condenação pelo Tribunal do Júri, em novembro de 2015, foi de 17 anos e seis meses de reclusão.

 

Na última sexta-feira (24), Weber foi encaminhado à Central de Flagrantes por, supostamente, ter ameaçado agredir amigos da atual mulher por motivos de ciúmes. O fato teria acontecido no Hospital Santa Helena na Capital.

Ele foi encaminhado à sede da Polinter para formalização da ordem judicial e depois foi enviado a uma unidade do Sistema Penitenciário da região metropolitana.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.