Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021

Geral
Sábado, 16 de Janeiro de 2021, 10h:04

Vereador Luiz Fernando

"A Saúde de Cuiabá precisa de melhorias urgentes", diz vereador

Da redação

divulgação

O médico ortopedista Dr. Luiz Fernando Amorim tomou posse como vereador da Capital pelo Republicano no dia 1° deste mês com a grande missão de que precisa melhorar a qualidade de vida das pessoas e principalmente a pasta da Saúde cuiabana.
Luiz conversou com a imprensa antes de entrar no plenário e afirmou que agradece a Deus, familiares e aos 2.060 votos de confiança que recebeu com a grande responsabilidade de ser o único representante da Saúde na Câmara de Vereadores e tem a obrigação de zelar pelas pessoas.
Luiz também afirmou que defende a autonomia e independência do Poder Executivo. “Tivemos uma renovação de 55% dos representantes então espero que seja independente porque temos que estar lado a lado da população que nos escolheu”, disse.
Já na tribuna, o vereador agradeceu aos pacientes. “Neste ano completo 20 anos como médico formado e sempre durante esses anos trabalhei no Sistema Único de Saúde (SUS) e vi de perto as mazelas que a população sente na pele para ser atendida. Então esse é o momento de entregar resultados a toda população”, mencionou.


Eleição da mesa
O vereador Luiz Fernando se colocou a disposição para ser representante da mesa diretora da Câmara e foi eleito como segundo vice- presidente da casa.
Transmitida nas redes sociais, a sessão foi conduzida pelo vereador Diego Guimarães ( Cidadania), mais votado, com 4.179 votos, nas eleições de 15 de novembro, para o quadriênio 2021/2024.

Confira a composição da nova Mesa Diretora da Câmara de Cuiabá:
- Presidente – Juca do Guaraná Filho (MDB)
-Primeiro vice-presidente:
Renivaldo Nascimento (PSDB)
- Segundo vice – presidente:
Luiz Fernando ( Republicanos)
-Primeiro secretário: Paulo Henrique (PV)
- Segundo secretário: Cézar Nascimento (PSL)

Luiz Fernando debate na Câmara plano de vacina contra covid – 19


O vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos) em parceria com o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho (MDB), promoveram um debate para discutir sobre o processo de vacinação contra a covid - 19, em Cuiabá.
A reunião ocorreu na quarta – feira (13), ás 15h, na Sala das Comissões Vereador Júlio Pinheiro.
Além dos vereadores, também acompanham a pauta:
Secretário de Saúde de Cuiabá, Ozenira Félix
Dr. João Leopoldo Bassan,
Presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM), Hildenete Monteiro Fortes
Dr. Giovanna Laura Galvão Costa ( que é dermatologista e tem clínica médica que atua na linha de frente do tratamento da covid – 19).


Nova Reunião
Daqui há 15 dias, uma nova reunião será agendada com o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), para poder detalhar precisamente sobre o plano de vacinação que a Capital irá adotar. Por enquanto, são apenas discussões de qual a melhor vacina pode ser defendida para os cuiabanos.


Casos
Os casos no Estado têm sofrido aumento, assim como em Cuiabá.
Até a tarde de treça-feira (12), 1.92.353 casos foram confirmados da covid – 19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.708 óbitos do coronavírus no Estado.
Foram notificado 1.247 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 192.353 casos confirmados do Covid – 19 em Mato Grosso, 7.198 estão em isolamento domiciliar e 179.531 estão recuperados.
Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a covid – 19, há 255 internações em UTIs públicas e 288 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está e, 63,28% para UTIs adulto e em 33% para enfermarias adulto.
Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid – 19 estão : Cuiabá (43.010),
Várzea Grande (13.157), Rondonópolis (13.024), Sinop (10.286), Sorriso (8.519), Tangará da Serra (8.472), Lucas do Rio Verde (7.951), Primavera do Leste (6.026), Cáceres (4.471) e Nova Mutum (4.041).

 

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.