Ex-governador e ex-vice do Tocantins, Sandoval Cardoso e Ângelo Agnolin são declarados inelegíveis

Imagem da Agência Brasil

O ex-governador do Tocantins Sandoval Cardoso e o ex-candidato a vice Ângelo Agnolin foram declarados inelegíveis por oito anos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins.

De acordo com a decisão do tribunal, abuso de poder político em função de uma série de reajustes salarias concedidos no ano da campanha eleitoral de 2014 justificam o pedido de punição feito pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).

Eles também foram representados por abuso de poder econômico. Os reajustes ultrapassaram o IPCA e beneficiaram agentes, escrivães e delegados da Polícia Civil, bem como servidores da Defensoria Pública do estado. Algumas categorias chegaram a receber 94% de reajuste.

As informações são da RadioAgência Nacional

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*