Terça-feira, 26 de Janeiro de 2021

Estados
Quarta-feira, 04 de Novembro de 2020, 15h:56

SERVIDORES ESTADUAIS

Recadastramento vai até 15 de dezembro

Obrigatório, o recadastramento é feito pelo site da Seplag e para realizá-lo o servidor deve usar a mesma senha de acesso ao Portal do Servidor

Redação

Redação

Começou no dia 1º de novembro e segue até 15 de dezembro a atualização cadastral periódica dos servidores ativos e empregados públicos do Estado de Mato Grosso. Quem não atualizar os dados terá o salário suspenso até a efetiva regularização cadastral.

O recadastramento é feito pelo site da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e para realizá-lo o servidor deve usar a mesma senha de acesso ao Portal do Servidor.

Este ano algumas informações utilizadas pelos sistemas Aplic do Tribunal de Contas do Estado e eSocial do Governo Federal também são solicitadas. Cerca de 50 mil servidores e empregados públicos ativos deverão se recadastrar.

Vale lembrar que para ter acesso ao sistema de recadastramento, o servidor deverá estar com e-mail atualizado no Sistema Estadual de Gestão de Pessoas (Seap). Caso contrário, a atualização do e-mail deverá ser solicitada na setorial de Gestão de Pessoas do órgão de origem.

A inserção de dados falsos na atualização cadastral será apurada mediante procedimento disciplinar, mantida a possibilidade de aplicação das demais penalidades previstas em lei.

Etapas

Este ano o recadastramento será composto de sete etapas. O servidor ou empregado público só conseguira passar para a etapa seguinte após o preenchimento da anterior. No entanto, ele poderá salvar a atualização cadastral em qualquer etapa e reiniciá-la em momento posterior sem perder os dados fornecidos anteriormente, até que conclua todo processo.

Os documentos pessoais e o comprovante de endereço a serem anexados na segunda e terceira etapas devem estar legíveis e inseridos no formato ‘PDF’ ou imagem, com tamanho máximo de 750 Kb cada arquivo.

Confira as etapas

- Preencher os dados pessoais.

-Anexar cópia digitalizada dos documentos atualizados.

-Atualizar telefone de contato e endereço e anexar cópia digitalizada do endereço de residência com data de emissão inferior a três meses.

- Formação acadêmica.

- Cursos de capacitação.

- Dados de dependentes, incluindo o respectivo CPF de cada um deles.

- Informações funcionais e indicação da matrícula da chefia imediata ou, na falta deste, do responsável pela unidade setorial de Gestão de Pessoas para validação do vínculo funcional.

Banco de Talentos

Este ano a ferramenta Banco de Talentos estará interligada ao sistema de recadastramento. Ela constitui-se numa ferramenta de gestão estratégica de pessoas que possibilita conhecer as competências dos servidores e realizar cruzamentos desses perfis com a necessidade dos diversos órgãos e entidades através de um sistema de banco de dados com informações pessoais e profissionais dos servidores públicos estaduais.

Essas informações poderão ser usadas no processo de movimentação de pessoal entre órgãos e ficará disponível para consulta das secretarias, empresas e autarquias interessadas em determinado tipo de perfil funcional. E também serão usadas no redimensionamento da força de trabalho.

O Banco de Talentos está entre as ações voltadas para o desenvolvimento profissional do Estado. Ele faz o mapeamento do perfil de trabalho de todos os servidores públicos estaduais levando em conta seus conhecimentos e habilidades para atividades estratégicas e específicas.

 

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.