Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

Estados
Quinta-feira, 30 de Agosto de 2018, 15h:41

Crime ambiental

PF desarticula esquema de extração ilegal de madeira em terra indígena no Pará

Reprodução Agência Brasil

Uma Operação da Polícia Federal deflagrada nesta quinta-feira (30), no Pará, desarticulou esquema criminoso de extração e comércio ilegal de madeira proveniente de terra indígena Alto do Rio Guamá.

A operação Tenetehara cumpriu quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão, nos municípios de Belém, Viseu e Santa Luzia do Pará.

Durante as investigações, foram localizadas quatro madeireiras que operavam clandestinamente, retirando madeira de área federal e comercializando o produto em municípios do Pará, estados do Nordeste, além do Rio de Janeiro.

De acordo com o delegado Rômulo Rodovalho, entre os presos, um era policial militar. Ele explica a atuação do PM no caso.

A Polícia Federal estima que, por mês, eram retirados da área, aproximadamente, 4 mil metros cúbicos de madeira, o que corresponde a cerca de R$ 2,2 milhões.

Os investigados vão responder, além dos crimes ambientais, pelos crimes de receptação qualificada, corrupção ativa e passiva, com pena máxima de até 12 anos de prisão. As informações são da Agência Brasil.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.