Segunda-feira, 01 de Junho de 2020

Estados
Segunda-feira, 16 de Março de 2020, 13h:49

Mauro Mendes poderá anunciar quarentena no Estado por pandemia de coronavírus

O governador Mauro Mendes (DEM) deve anunciar na tarde de hoje (16) um decreto com medidas que serão adotadas no Estado por conta da pandemia do coronavírus. A informação foi confirmaada pelo secretário de Cultura, Turismo, Esportes e Lazer (Sectel), Allan Kardec, na manhã desta segunda-feira. Neste momento, Mendes está reunido com o staff para traçar um plano de ações com relação ao problema. Até o momento nenhum caso de COVID-19 foi confirmado em Mato Grosso. 

Leia mais:
Avanço de coronavírus poderá adiar eleição suplementar em Mato Grosso

De acordo com a assessoria do Governo de Mato Grosso, o decreto continua sendo elaborado. O horário do anúncio, que deve ser feito pelo próprio governador Mauro Mendes, ainda não foi confirmado.

"O governador fará o anuncio oficial, mas tudo indica que nós obviamente teremos uma quarentena. Mas sem nenhum tipo de alarde, Mato Grosso não tem nenhum caso confirmado, todos os casos que estão sendo levantados, estão sendo descartados. Estamos nos preparando para isso, ao final da reunião, o governador vai descer e fará o anúncio oficial com decreto oficial. Temos a tranquilidade que Mato Grosso não tem um caso oficial", já afirmou o secretário. 

"Vamos aguardar o decreto do governador e ele que vai nos orientar. A princípio, estamos esperando a reunião com os técnicos de saúde, o secretário Giberto, a procuradoria. Hoje, ao final desta reunião, será falado do decreto", acrescentou. 

Algumas medidas já foram tomadas em Mato Grosso como cancelamento de eventos. No sistema penitenciário, a  visitas foram reduzidas. Cada pessoa privada de liberdade poderá receber um visitante por vez, a cada 15 dias. Estas e outras providências foram tomadas pela Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Também constam na Nota Técnica Orientativa n° 001/2020, que o acesso de visitantes de outros estados ou de países com casos confirmados não será permitido, assim como de pessoas com sintomas de gripe (tosse, coriza, olhos avermelhados, entre outros), e de pessoas com idade acima de 60 anos, asmáticos, com pressão alta, diabetes ou com outras enfermidades que reduzam a capacidade do sistema imunológico. Grávidas, lactantes e crianças também não poderão entrar nas unidades penais.

Mato Grosso tem 11 casos de coronavírus em investigação, sendo seis em Cuiabá. Os demais casos estão Aripuanã (1), Tangará da Serra (1), Lucas do Rio Verde (1), Araputanga (1) e Nova Xavantina (1). Os pacientes apresentam sintomas semelhantes à de doenças respiratórias e possuem histórico de viagem para locais onde há a circulação do novo vírus. 

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.