Domingo, 21 de Julho de 2019

Estados
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019, 08h:25

CAMPO GRANDE / MS

Idosos perdem mais de R$2 mil em golpe com ligação de falso sobrinho

Reprodução

Um casal de idosos foi vítima de um golpe após receber ligações de um suposto sobrinho, que estaria viajando para Campo Grande para visitá-los. De acordo com a polícia, o golpista disse que o carro que dirigia tinha estragado no distrito de Anhanduí, e que precisava de dinheiro para o conserto. O caso aconteceu em nesta quinta-feira (17).

Foram feitos dois depósitos em contas diferentes, com agência no estado de Mato Grosso. — Foto: Reprodução/TV Morena

Em depoimento, o idoso de 72 anos disse que a esposa dele de 69 anos, foi quem recebeu a ligação por volta das 9h. No telefonema, um homem se dizendo sobrinho do casal,disse que estava a caminho da capital para visitá-los. O suspeito disse que o veículo em que estava havia "quebrado", e que estaria no distrito de Anhanduí, e no momento precisava de dinheiro emprestado para o conserto do carro.

De acordo com a polícia, o golpista pediu para que o casal fizesse um depósito de R$ 1.430,00, dizendo que devolveria o valor assim que chegasse a Campo Grande. Para isso, ele informou uma conta, onde o dinheiro deveria ser depositado, alegando que a mesma seria do mecânico que faria o conserto.

O idoso disse que foi até um banco e fez o depósito. Ao retornar para casa, recebeu outra ligação. Nela, o suposto sobrinho disse que o veículo havia estragado novamente e precisava de mais R$ 1.230,00, que deveriam ser transferidos a uma segunda conta, que seria da seguradora. Novamente o idoso saiu para depositar o valor.

Segundo a polícia, a vítima disse ainda que, devido ao horário próximo ao almoço, a mulher ficou em casa, preparando a refeição para receber o suposto sobrinho, enquanto ele fazia a transação bancária. O filho do casal chegou em seguida e achou a situação suspeita.

De acordo com a ocorrência, enquanto conversavam, o telefone da vítima tocou novamente, desta vez, o filho do casal atendeu, momento em que concluiu que se tratava de um golpe. Após pesquisarem as agências na internet, descobriram que são de Coxipó (MT) e Cuiabá (MT). O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário como estelionato.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.