Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

Estados
Quinta-feira, 17 de Setembro de 2020, 16h:00

VISITA INSTITUCIONAL

Governador se reúne com generais do Exército e reforça parceria em ações

Um exemplo da parceria entre MT e Exército é a Operação Verde Brasil 2, que mobilizou militares estaduais e federais para o combate ao desmatamento ilegal e incêndios florestais

Redação

Redação

O governador Mauro Mendes recebeu a visita institucional de generais e coronéis do Exército Brasileiro, na manhã desta quinta-feira (17.09), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá. Na oportunidade, Governo do Estado e Exército reforçaram a parceria para atuação em conjunto em importantes ações em prol da população mato-grossense.

Um exemplo é a Operação Verde Brasil 2, que mobilizou milhares de militares estaduais e federais para o combate ao desmatamento ilegal e incêndios florestais em Mato Grosso.

“Discutimos alguns projetos e soluções que podem trazer melhorias para a população mato-grossense. Temos uma interlocução muito boa com o Exército e vamos continuar a estreitar essas relações. Estamos abertos a todo e qualquer projeto em prol do nosso povo”, afirmou o governador.

Participaram da reunião o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho; o general da 13º Brigada de Infantaria Motorizada, Reinaldo Salgado Beato; o general de Exército Júlio Cesar de Arruda, chefe do Departamento de Engenharia e Construção; o general de Divisão Marcelo Arantes Guedon, diretor de Obras de Cooperação); o general de Brigada Paulo Alípio Branco Valença, diretor de Património imobiliário e Meio Ambiente; o coronel Luciano José Flores, assistente pessoal do general Júlio; o coronel César Alexandre Carli, comandante do 3° Grupamento de Engenharia, e o tenente-coronel Marton Daniel Grala, comandante do 9º Batalhão de Engenharia e Construção.

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.