Segunda-feira, 19 de Abril de 2021

Estados
Quinta-feira, 18 de Março de 2021, 10h:13

Eduardo Rocha criticou o ex-ministro da Saúde

Deputado defende Bolsonaro na pandemia e gera bate-boca na Assembleia em MS

Eduardo Rocha criticou o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello e Coronel David saiu em defesa do presidente Jair Bolsonaro

Fonte: Midia Max

DIVULGAÇÃO

Uma fala sobre o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello virou bate-boca entre os deputados estaduais na sessão remota desta quarta-fra (17), em Mato Grosso do Sul. 

Eduardo Rocha (MDB) lamentou as várias mortes ocorridas pela Covid-19 na pandemia e criticou Pazuello. “Ele não sabe nada de saúde pública. É sim responsável pelo o que está acontecendo no país”.

Rocha lembrou quando Pazuello afirmou não ser responsável pelos oxigênios. “Se o  da Saúde não é, seria o da Cultura? Fico satisfto com a mudança no  e torço para o novo ministro fazer o que é melhor para população”.

 (sem partido) pediu um aparte e falou que a esquerda usa a pandemia para atacar o presidente da República, Jair Bolsonaro. Neste momento, Rocha interferiu o colega dizendo não ser da esquerda e ter votado no segundo turno em Bolsonaro.

“Esse discurso da esquerda quer colocar o número de mortes que acontecem nas costas do Bolsonaro. O STF julgou a responsabilidade para os governadores e preftos para escantear o Bolsonaro. O STF disse que a responsabilidade é dos governos e prefturas”, afirmou David. 

O bolsonarista continuou falando que a responsabilidade da pandemia é de todos, incluindo presidente, ministro, governadores e preftos. “Sou contra o pessoal do PT que todos os dias se utiliza do pronunciamento que só eles acreditam querendo criar algo para população. Ninguém vai fazer mais discursos querendo colocar no colo do Bolsonaro”.

Por fim, David falou que os petistas querem chorar porque ‘ficaram sem pirulito para chupar’. “Vão ter que ganhar nas urnas e não vem com presidiário que vamos papar vocês de novo”.

Pedro Kemp (PT) falou para David que era difícil a missão dele defender o presidente.

Por sua vez, Rocha pediu ao presidente Paulo Corrêa () por ordem na sessão. 

Comentários










COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.